Valores Essenciais

Governo civil
Cremos que Deus ordenou e criou toda autoridade, consistindo de três instituições básicas: 1) o lar; 2) a igreja; e 3) o estado. Todos estão sujeitos a essas autoridades, mas todos, inclusive as próprias autoridades, são responsáveis ​​perante Deus e governados por Sua Palavra. Deus deu a cada instituição responsabilidades bíblicas específicas e equilibrou essas responsabilidades com o entendimento de que nenhuma instituição tem o direito de infringir a outra. O lar, a igreja e o estado são iguais e soberanos em suas respectivas esferas de responsabilidade biblicamente atribuídas e sujeitos a Deus.
(Rm 13.1-7; Ef 5.22-24; Hb 13.17; 1Pd 2.13-14)

Sexualidade humana
Cremos que Deus ordenou que nenhuma atividade sexual íntima seja praticada fora do casamento entre um homem e uma mulher. Cremos que qualquer forma de homossexualidade, lesbianismo, bissexualidade, bestialidade, incesto, fornicação, adultério e pornografia são perversões pecaminosas do dom do sexo que Deus nos deu. Cremos que Deus desaprova e proíbe qualquer tentativa de alterar o gênero por cirurgia ou aparência. Cremos que o único casamento legítimo é a união de um homem e uma mulher.
(Gn 2.24; Gn 19.5, 13; Gn 26.8-9; Lv 18.1-30; Rm 1.26-29; Rm 7.2; 1Co 5.1; 6.9; 7.10; Ef 5.22-23; 1Ts 4.1-8; Hb 13.4)

Relacionamentos familiares
Cremos que Deus ordenou a família como a instituição fundamental da sociedade humana. Cremos que homens e mulheres são espiritualmente iguais em posição diante de Deus, mas que Deus ordenou funções espirituais distintas e separadas para homens e mulheres no lar e na igreja. O marido deve ser o líder do lar e os homens devem ser os pastores e diáconos da igreja. Portanto, apenas os homens são elegíveis para licenciamento ministerial e ordenação pela igreja.
(Gn 1.26-28; Êx 20.12; Dt 6.4-9; Sl 127.3-5; Pv 19.18; 22.15; 23.13-14; Mc 10.6-12; 1Co 7.1-16; Gl 3.28; Ef 5.21-33; 6.1-4; Cl 3.18-21; 1Tm 2.8-15; 3.4-5, 12; Hb 13.4; 1Pd 3.1-7)

Processos legais entre os crentes
Cremos que os cristãos estão proibidos de processar civilmente outros cristãos ou a igreja para resolver disputas pessoais. Cremos que a igreja possui todos os recursos necessários para resolver disputas pessoais entre os membros. Cremos, no entanto, que um cristão pode pedir indenização por prejuízos da companhia de seguros de outro cristão, contanto que a reivindicação for sem malícia ou difamação.
(1Co 6.1-8; Ef 4.31-32)

Aborto
Cremos que a vida humana começa na concepção e que o nascituro é um ser humano vivo. O aborto constitui a injustificável eliminação da vida humana antes de nascer. O aborto é assassinato. Rejeitamos qualquer ensinamento de que são justificáveis os abortos de gravidez decorrente de estupro, incesto, defeitos congênitos, seleção de gênero, controle de natalidade ou controle populacional ou para o bem-estar físico ou mental da mãe.
(Jó 3.16; Sl 51.5; 139.14-16; Is 44.24; 49.1,5; Jr 1.5; 20.15-18; Lc 1.44)

 

Our passion is to graduate men and women who are thoroughly equipped to be successful leaders who obey the Great Commandment, fulfill the Great Commission, and live abundant lives for the glory of God.